Informativo

Legislação e Governo

Assembleia Legislativa do RS promulga lei das queimadas controladas Envie para um amigoImprimir

Considerada crime ambiental, as queimadas estavam proibidas desde 1992 no Rio Grande do Sul. Segundo o IBGE, elas são responsáveis por mais de 75% da emissão de gás carbônico no Brasil.

O deputado estadual José Sperotto (PTB), no exercício interino da presidência da Assembleia Legislativa,  promulgou nesta segunda-feira (30/1) o projeto de lei que autoriza a prática das queimadas controladas. Por 28 votos favoráveis e 13 contrários, a Assembleia Legislativa havia aprovado o projeto de lei 175/2011, que permite as queimadas controladas no Rio Grande do Sul. A "sapeca", como é mais conhecida esta prática, estava proibida desde 1992 e considerada crime ambiental.

Os desmatamentos e as queimadas, além de reduzirem a área verde, também contribuem para o aquecimento global. De acordo com o integrante do Greenpeace, o Brasil está em quarto lugar no ranking de países que mais poluem justamente por conta da emissão de gases de efeito estufa liberados nas queimadas.

As queimadas são responsáveis por mais de 75% da emissão de gás carbônico no Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O dado faz parte da publicação Indicadores de Desenvolvimento Sustentável 2010, divulgada nesta quarta-feira (1º). Ainda segundo o instituto, o Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa para a atmosfera.

Segundo o IBGE, especialistas consideram a elevação dos teores de gás carbônico na atmosfera como a grande responsável pela intensificação do efeito estufa. Tanto as queimadas quanto os incêndios florestais destroem, anualmente, grandes áreas de vegetação nativa no Brasil, sendo uma das principais ameaças aos ecossistemas do país. Ocorrem majoritariamente, segundo o IBGE, durante a estação seca, entre maio e setembro no Centro-Sul, e entre janeiro e março no extremo norte.

(EcoAgência / Sintonia da Terra, 01/02/2012)

« Voltar

BuscaBusca

Conheça nossos parceirosParceiros

BuscaTags